Home / Incidentes Inspiradores / Os Muçulmanos Perderam, mas Islám Ganhou

Os Muçulmanos Perderam, mas Islám Ganhou

Nos primórdios do regime britânico na Índia, aconteceu uma disputa entre os muçulmanos e os hindus em relação a um certo terreno em Kándhlah.

Os muçulmanos argumentavam que o terreno pertencia aos muçulmanos e que fora alocada para a construção de um masjid. No entanto, os hindus afirmavam que a eles pertencia o espaço, e que fora designada para a construção de um templo.

Após os grupos terem apresentado a sua defesa, o tribunal inglês perguntou aos muçulmanos: “Existe alguém de entre os hindus em quem vocês confiam? Assim, poderíamos resolver esta disputa com bases no seu testemunho.” Os muçulmanos responderam negativamente.

Quando os hindús foram indagados se haveria algum muçulmano cuja decisão eles estariam prontos a aceitar. Eles responderam: “Conhecemos um muçulmano piedoso que nunca fora visto a mentir.” Após ter dito isto, eles concordaram em aceitar a decisão de Mahmúd Bakhsh (rahimahulláh), o irmão de Muftí Iláhi Bakhsh (rahimahulláh).

Mahmúd Bakhsh foi convocado ao tribunal. Mas, ele recusou-se a comparecer: “Eu jurei que nunca olharia para a face de uma pessoa britânica (devido a opressão e tirania causada pelos mesmos).”

O juiz enviou a seguinte mensagem em resposta: “Não há necessidade de olhar para o meu rosto. Por favor, venha ao tribunal porque não seremos capazes de resolver esta disputa sem a sua presença.”

Mahmúd concordou com esta proposta e foi ao tribunal. No tribunal, ele ouviu o caso de costas voltadas ao juiz. Após ter escutado, o juíz perguntou a ele: “Segundo o seu conhecimento, à quem pertence o terreno?”

Naquele momento, todos os olhares estavam virados na direcção de Mahmúd. No entanto, Mahmúd respondeu calmamente: “A verdade é que o terreno pertence aos hindus.”

A decisão foi tomada a favor dos hindús, e eles apoderaram-se do terreno. Naquele dia os muçulmanos perderam, mas Islám ganhou. Os muçulmanos podem ter perdido um terreno, mas a honestidade que Islám ensina foi assegurada. Como resultado da sua honestidade de, muitos hindus se apresentaram para aceitar Islám nas mãos de Mahmúd Bakhsh. ((Jawáhir Páre vol. 2, pág. 17)

Lição: Honestidade e justiça são qualidades de grande destaque no Islám. Quando um muçulmano assume estas qualidades como parte da sua vida, ele estará a mostrar a verdadeira imagem do Islám e tornar-se-á num representante do Dín.

About admin

Check Also

A Importância do Saláh

Quando Abdulláh bin Abbásse (Radhiyalláhu an’huma) começou a ser afectado pela cegueira, ele foi aconselhado …